O triste estado da Nação Nivista

  • 16 Respostas
  • 1866 Visualizações

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

*

Offline BernardoS

  • Moderador Global
  • Nivista Doutor
  • *****
  • 608
  • +27/-1
  • Viatura: Lada Niva 1.9D
  • Distrito: Lisboa
O triste estado da Nação Nivista
« em: 05 de Outubro de 2015, 23:54:46 »
Caros amigos,

Não posso deixar de vir aqui falar sobre um problema que me têm incomodado há algum tempo.

Sinto que esta grande comunidade, da qual me orgulho muito de pertencer, está um pouco votada ao abandono e ao esquecimento. Uma vez mais...

Infelizmente, perdoem-me a franqueza, a honestidade e a frontallidade, a seguir ao encontro nacional da Figueira da Foz, foi a debandada geral. Pergunto-me se é verdadeiramente isto que queremos, pois se é, não vale a pena estarmos a prolongar uma "coisa" que já está semi-morta.

Alguns já o sabem, outros nem por isso. Sempre fui um defensor incansável da criação de um clube nosso que reúna todos os usuários do fórum, em suma, que congregasse todos os proprietários e simpatizantes do Lada Niva em Portugal. Um pouco à semelhança do que outros fazem, como por exemplo os UMM's, VW carochas, Minis, Land Rovers, 4L, 2CV's, etc. Porque raio não conseguimos fazer uma coisa nossa. Da qual nos possamos orgulhar e estar ao mesmo nível de outros clubes ??

Todos estes têm clubes incrivelmente bem estruturados e organizados e frequentemente levam a cabo encontros e actividades com uma quantidade considerável de carros. A criação de um clube traz consigo inúmeros benefícios, seja em seguros, assistência em viagem, descontos em casas de peças e acessórios, etc. pelo que nunca vi mal nenhum na criação de um. Aliás, isso traria com toda a certeza uma maior divulgação da marca por todos aqueles que a desconhecem, e, quiçá, o regresso da mesma a Portugal.

No encontro feito na Figueira da Foz, defendi a criação desse clube e fiquei na expectativa que se desse esse passo decisivo. Mas tal não aconteceu com grande pena minha. Vim da Figueira da Foz com um sentimento agridoce. Por um lado gostei imenso de lá estar. Por outro vim como que derrotado por não se ter dado naquele momento um passo decisivo, mesmo tendo sido opinião unânime a importância da criação do clube.

Desculpem-me o desabafo e critiquem-me se assim o entenderem, mas acho que a continuarmos assim, nunca saíremos da cepa torta. Somos uma comunidade amorfa onde reina a passividade, o imobilismo e um pouco o deixa-andar. Não quero ferir susceptibilidades, mas não posso deixar de dar esta minha opinião que é a de muitos na zona de Lisboa. Isto já aconteceu num passado não muito distante. É isto que queremos mesmo de nós e para nós ?? É isto que queremos para a nossa Comunidade ?? É este o futuro que desejamos ?? É para isto que fazemos registo ?? Se é, não vale a pena. Não vale a pena MESMO !!

É certo que a dispersão geográfica é um problema. A par do reduzido número de Nivas (que não é assim tão reduzido conforme por vezes se quer fazer crer) Mas não vejo sinceramente onde isso possa ser impedimento ou obstáculo para termos uma comunidade viva, dinâmica e activa. Para ajudar a esse dinamismo sem dúvida que seria uma tremenda mais valia a criação do nosso clube. Sempre esperei que isso viesse a acontecer. Mas vendo o abandono quase total a que está votado este fórum, creio que essa possibilidade está agora bem mais distante.

No âmbito das zonas de distribuição geográfica, surgiu há algum tempo. O Grupo de Lisboa-Setúbal. Somos poucos é certo, mas temos mantido uma actividade regular, promovendo vários encontros seja na SAS do Porto Alto (antigo concessionário Lada) seja em cafés matinais de fim-de-semana um pouco pelos distritos, Almada, Barreiro, Carcavelos, etc.

No passado Domingo tivémos mais um encontro na SAS no Porto Alto. Foi um dia de excelente convívio, troca de ideias, reforço dos laços de amizade e de camaradagem e apresentação de novos nivistas desta zona. Foi um dia muito positivo e enriquecedor para todos nós. Tenho uma grande pena que este espírito não se reflicta no todo nacional.

Quanto a nós iremos manter a nossa actividade. Este grupo está a crescer devido às nossas actividades e iniciativas e estamos a colher os frutos disso.

Para esta divulgação do nosso grupo em muito tem contribuído o Hugo Gomes deste fórum.

Não quero acreditar que isto esteja a morrer, se é que já não está mesmo morto, mas peço que pensem sobre esta nossa realidade nacional e sobre o que queremos mesmo fazer disto. Queremos permanecer neste não anda nem desanda, neste estado latente e nesta tremenda inactividade e inércia ou queremos construir algo concreto e que no futuro nos possamos todos orgulhar !??

Gostava mesmo muito de ver um projecto nacional onde a coesão, a camaradagem a amizade, a partilha de informação e conhecimentos e o convívio em encontros e/ou actividades fossem uma constante. Pelo menos que houvesse mais vida neste fórum. Mas pelo que vejo isto mais parece um "cemitério"

Um abraço a todos
« Última modificação: 06 de Outubro de 2015, 00:11:12 por BernardoS »

*

Offline HugoGomes

  • Moderador Global
  • Nivista
  • *****
  • 342
  • +27/-1
  • Viatura: Lada Niva 1.9D
  • Distrito: Lisboa
Re: O triste estado da Nação Nivista
« Responder #1 em: 06 de Outubro de 2015, 09:11:34 »
Amigos Nivistas não querendo parecer negativista o Bernardo tem razão. isto tem andado um pouco ao "deus dará". Ninguém pede que se faça "trinta por linha" para ser o suprasumo da batata dos Nivas. Participem mostrem as vossas maquinas, tenho a certeza que têm orgulho nela.
Vamos organizar-nos para fazer uma coisa mais nacional para que num próximo encontro já possamos contar com mais maquinas e partilharmos mais historias e opiniões sobre os nossos soviéticos.
Não estou tão negativo como o Bernardo nem tão positivo a ponto de pensar que está tudo bem tal como está.
No que puder ajudar contem comigo.
Uma vez que temos chegado á conclusão que a net não chega a todos parece-me ser de bom tom existir uma base de dados dos telemóveis de todos os users e no futuro cada vez que existir um encontro podemos também contactar via telemóvel. a ver vamos.
Um abraço HG

*

Offline Luis Santos

  • Moderador Global
  • Nivista Doutor
  • *****
  • 695
  • +41/-1
  • Depois de um Niva... SÓ OUTRO NIVA!!
  • Viatura: Lada Niva 1.9D
  • Distrito: Setúbal
Re: O triste estado da Nação Nivista
« Responder #2 em: 08 de Outubro de 2015, 19:48:30 »
Pois é...

Também partilho deste sentimento de Fórum deixado ao abandono. Também estive presente na Figueira da Foz e ainda tive esperança de que o rastilho pegasse e fizéssemos algo com espírito empreendedor. Pois bem, desde então ainda se trocaram algumas impressões e até um esboço de regulamento se fez para a formação do clube...

Não podem ser só 2 ou 3 a tentar puxar o barco. Compreendo que toda a gente tenha a sua vida, tal como eu, mas não se pode estar à espera que alguma coisa nasça com o esforço de 2 ou 3, para que 100 venham a usufruir depois.

Deram-me a honra de ser moderador deste fórum, tarefa da qual tecnicamente não percebo nada. Mas fiz um esforço por estar presente e participar. Mas com isto deram-me a hipótese de poder verificar os últimos logs de Nivistas com responsabilidade neste forum e que há meses que não sem se ligam ao fórum. Isto revela a falta de interesse no mesmo. Compreendo que possa haver prioridades na vida, mas o desaparecimento sem conhecimento de motivos, leva-nos sempre a achar que o que aconteceu foi um verdadeiro "borrarem-se" (face a expressão) nisto tudo.

Culminamos com a falta de pagamento do alojamento do nosso Fórum no servidor. Se isto não é despreocupação, o que será? Agradeço pessoalmente ao Nivista joão Carvalho que pagou pelo mesmo, não sendo problema o dinheiro mas sim o facto de se ter deixado este forum chegar a este ponto.

Dito tudo isto, apresento a minha vontade de deixar de ser moderador deste fórum, passando simplesmente a poder, tal como todos os outros Nivistas, participar unicamente quando me apetecer sem sentir a responsabilidade de representar este canto de culto às nossas máquinas.

Boa sorte à nossas máquinas!

Abraço a Todos

Luis Santos
... Só à estaLADA!

*

Offline wifi

  • Nivista Júnior
  • **
  • 30
  • +2/-1
Re: O triste estado da Nação Nivista
« Responder #3 em: 09 de Outubro de 2015, 14:16:06 »
Boas,
Posso deixar a minha mensagem, numa forma mais sintetizada:
- O problema de falta de participação já existe há muitos anos! "Somos" realmente muito poucos.
- A criação de um club, já esteve quase concretizada, só que fizeram-no num encontro e o documento que estava mais ou menos apalavrado foi virado do avesso, dando tudo a quem esteve nesse encontro e esquecendo todos os restantes. Eu fui um acérrimo opositor a essas alterações.

Fui durante vários anos administrador (mais moderador do que administrador, pois nunca usei os "poderes" de administrador) do anterior ladaniva4x4. Demiti-me e como tinha "poderes" para tal, retirei-me a mim mesmo do cargo de administrador. Nada de grave até porque os cargos não são para ser eternos!

Sempre fui contra a ramificação e criação de vários canais em paralelo (forum, facebook, etc). Somos poucos e portanto só deve haver um único canal comum de comunicação. Se se verificar que este não é o correcto, há que ponderar qual escolher.

Pensar-se em encontros nacionais é um sonho concretizável, mas na realidade difícil de concretizar!
Os donos de NIVAs não são tipicamente pessoas esbanjadoras. O que condiciona muitas vezes as viagens às concentrações.
 
Como já uma vez alertei neste forum, começar-se sempre a contagem com 1º encontro, só nos faz esquecer a história e jogar contra nós próprios. No dia em que se quiser negociar seguros ou outra coisa qualquer, vai-se fazer um histórico com N encontros, todos eles designados de 1º!

*

Offline BernardoS

  • Moderador Global
  • Nivista Doutor
  • *****
  • 608
  • +27/-1
  • Viatura: Lada Niva 1.9D
  • Distrito: Lisboa
Re: O triste estado da Nação Nivista
« Responder #4 em: 10 de Outubro de 2015, 00:14:56 »
Boa noite,

Na minha exposição não foi intenção minha ser negativista nem nada que se pareça. Apenas quis deixar patente a minha percepção das coisas e do seu estado actual. Tentei ser antes de mais realista e ver as coisas tal como elas se me apresentam. E a realidade, desculpem-me a sinceridade, não é definitivamente a melhor.

Wifi, eu sei bem porque é que acabou o antigo fórum. Eu estava lá registado e vendo o que por lá se passava decidi, por escolha própria, deixar de ser "frequentador". Mas não vou aqui deter-me sobre o que conduziu ao desfecho final porque também não quero ser exaustivo.

Começando pelo fim, não acho grave, nem um pecado mortal que se chame 1 encontro a um determinado evento. Não é decerto com o intuito de ofender este ou aquele membro que tal foi feito. Sei que te estás a referir ao encontro da Figueira da Foz que foi o 1 encontro de 2015. Estava previsto ter acontecido um segundo em Sever do Vouga, mas acabou por não se concretizar...

Não creio que o factor monetário seja definitivamente determinante para que não haja uma boa participação em encontros. O segredo do sucesso de um bom encontro (e eu sei do que falo porque costumo participar em encontros de 2 CV's e Land Rover's) é uma boa preparação feita com bastante tempo de antecedência, divulgação do evento pelos mais variados canais (site, fórum, facebook, twitter, etc...) um programa bem estruturado e aliciante em cujos horários sejam minimamente cumpridos. Isto, entre outros aspectos organizativos, ditam o sucesso ou fracasso de qualquer encontro. Um encontro de Nivas é plenamente concretizável desde que haja disponibilidade para tal, boa vontade de todos os interessados e um bom e genuíno espírito de camaradagem e amizade. Na Figueira da Foz, houve Nivas, poucos é certo, mas oriundos um pouco de todo o País.

Não me choca de todo a ramificação e criação de vários canais de comunicação. A descentralização da informação possibilita a que esta chegue mais rapidamente às pessoas. A existência do fórum, já de si vital, a par da pagina do facebook do fórum, ajudam indelevelmente à difusão desta nossa comunidade. Sendo certo que todo o centro de decisão passa, ou passava por aqui.

Também concordo inteiramente que os cargos não são para serem exercidos eternamente, e quem neles está, deve ter a consciência de que os deve exercer com espírito de missão, em prol de um bem comum e estar ciente dessas responsabilidades, já que os cargos, quanto mais elevados são, maior é o peso da responsabilidade perante os demais.

Reitero o que sempre disse. Nunca vi, não vejo, nem nunca verei mal algum na criação de um clube. E direi isto tantas vezes como aquelas que me perguntarem. Faço parte de vários clubes e, por isso, sei qual é a diferença entre um fórum, apenas e só isso, e um clube bem estruturado e organizado, com sócios quotizados, etc.

Podemos ser poucos, é certo, mas acho um erro tremendo e colossal ver nisso impedimento para a criação do clube. Para a criação de um basta somente 25 pessoas segundo o que diz a legislação.

Como disse, no âmbito da iniciativa das zonas de distribuição geográfica, discutida neste fórum, temos nos distritos de Lisboa e Setúbal, um pequeno grupo que nasceu da vontade comum dos locais. Até agora temos mantido um regular contacto, e sim, temos esse grupo registado no facebook como grupo fechado, o que nos facilita imenso a comunicação entre todos nós.

Temos levado a cabo diversos encontros, seja no distrito de Lisboa, seja na margem sul. Temos ja ido por diversas vezes ao antigo concessionário Lada que é hoje a SAS no Porto Alto. Temos vindo a crescer paulatinamente e cada vez mais pessoas sabem que existimos. Para que qualquer coisa comece a tomar dimensão, temos de sair da nossa zona de conforto e tomarmos a iniciativa. Neste grupo temos feito isso e com bastante sucesso. Todavia, ressalvo com bastante veemência, que este grupo é parte integrante deste fórum, mesmo estando ele no estado em que está. Somos Nivistas, membros do fórum Ladaniva4x4.net

Anseio por melhores dias para esta nossa comunidade, porque não sou negativista. Mas tenho de encarar a realidade, e a realidade é a de que este fórum, se não tiver mais iniciativa, se não houver mais dinamismo, se não houver mais impulso e vontade em criar algo mais concreto, não há-de avançar por muito mais tempo.

Posto isto, e porque me preocupo com a nossa comunidade que atravessa este momento menos bom, poderíamos aqui discutir as razões, mas acho que isso não seria nada produtivo, e porque espero que melhores dias venham, acabo por me alongar bem mais do que queria.

Espero que dentro em breve voltem a imperar a participação de todos, Administrador incluído, todos os seus moderadores, a troca de ideias e partilha de conhecimentos, a organização de eventos sejam eles o 1 o 2 ou o 3, o que interessa mesmo é a malta reunir-se, conhecer-se e dar uns passeios por esse País (zona centro preferencial para haver igualdade de distâncias para todos) só assim isto crescerá e evoluirá para algo concreto. Já dizia esse gigante da nossa poesia, Rómulo de Carvalho, aka, António Gedeão: "... O Sonho Comanda a Vida..." Ou até Camões quando afirmou que: "... Quem quis, sempre pôde..." ;)

Um abraço












*

Offline Luis Santos

  • Moderador Global
  • Nivista Doutor
  • *****
  • 695
  • +41/-1
  • Depois de um Niva... SÓ OUTRO NIVA!!
  • Viatura: Lada Niva 1.9D
  • Distrito: Setúbal
Re: O triste estado da Nação Nivista
« Responder #5 em: 10 de Outubro de 2015, 12:32:26 »
Também eu fui frequentador do 1º Fórum e também eu estou relativamente por dentro dos motivos que o levaram a acabar.  De qualquer das formas também este 2º Fórum está a acabar e os motivos não são os mesmos, são unicamente a inércia de todos à espera que poucos façam o impossível. Só ainda não consegui perceber se a inércia ainda se deve aos ressentimentos antigos e que levam alguns (daqueles que foram ativos e pertinentes users do antigo Fórum, tal como tu Wi-Fi) dos atuais users a permanecer na sombra e à espera que também este Forum caia, como que provando de que não são estes novatos que conseguirão levar algo avante.

Pois bem, e posso com certeza falar por aqueles que me conhecem, que o objectivo foi sempre ser unificador e contar com o conhecimento e experiência de quem conhece. A partilha de conhecimentos terá de ser global e a participação fulcral para que isto avance para algum sitio. E toda a gente sabe que tenho razão. Mas percebo que seja muito mais fácil que haja 2 ou 3 animadores do "Chapitô" Nivista a entreterem a malta e a providenciar as condições para que todas as duvidas ou problemas desapareçam. Pois bem, quando me propuseram para moderador deste forum (e volto a repetir que não percebo nada disto, a unica coisa que sei é participar e ser construtivo da melhor forma que conseguir) foi com muito orgulho que aceitei, mas passados estes meses vejo-me a aprovar entradas e novos inscritos, a dar-lhes as boas vindas, a tentar-lhes tirar as duvidas que apresentem e a ajudar o melhor que posso, sendo que não sou uma sumidade nivista, como outros a quem reconheço esse valor mas que se escondem na sombra. Quando administradores e moderadores não fazem log in há meses!!!! Pois bem... chega.

A nossa comunidade, em opinião própria, divide-se em 3 grandes grupos, a saber:

- Os inertes, que apenas estão para absorver informação sem partilhar um chavo;
- Os palermas, que como eu, ainda tentaram abanar isto e fazer o melhor que sabem;
- Os observadores passivos, que aparecem assiduamente para ver o declinio do Forum com a sobranceria de quem já sabia que isto ia morrer;

Agora vejam a coisa desta maneira. Se o Fórum hipoteticamente facturasse 30000 € por mês, de certeza que em vez de 200 inscritos, teríamos 2000, todos eles participantes activos e claro, todos a tentarem tirar algum mel do pote e porquê? Porque haveria vontade. Resumindo, não há vontade e como tal isto não irá a lugar algum. Fica o valor que houve em juntar 12 Nivas na Figueira da Foz naquele que foi o 1º encontro deste Forum mas que TODA a gente sabe, não foi o 1º encontro de Nivistas até porque sei que houve já à volta de 20 Nivas no Berço do Alvarinho, passeio ao qual tive muita pena de não ter ido. Em vez de se discutir se foi o 1º ou o 2º, ou até mesmo o 10º, poderíamos ter-nos reunido à volta deste 1º encontro de 2015 e partilhar experiências e tornar os 12 Nivas em 20, ou 30, ou até mais, porque inscritos no Forum estão 210 Nivistas!!! Como é que só aparecem 12 na Figueira?... falta de vontade...

Pois bem, eu vou continuar a fazer uma verdadeira festa quando me cruzar com um Niva e a abordá-lo tentando conhecer a sua história e partilhando a minha. Vou no 2º Niva, e sem fazer disto a minha vida, gostaria de chegar ao 3º e por aí em diante. Com uma comunidade unida seria muito melhor e mais fácil, mas sem ela vos garanto que também é possível.

Boa sorte e abraços Nivistas
... Só à estaLADA!

*

Offline wifi

  • Nivista Júnior
  • **
  • 30
  • +2/-1
Re: O triste estado da Nação Nivista
« Responder #6 em: 11 de Outubro de 2015, 09:07:05 »
O facto de eu estar em modo observador não para estar à espera de ver isto morrer, como dizem nos vossos comentários.
O meu NIVA está parado porque não tenho tempo para ele. Encontra-se numa garagem, cheio de pó. Neste momento, nem bateria tem porque fui lá roubá-la para o meu carro diário.
Pago os impostos porque não o pretendo vender e sonho com um dia voltar a dar-lhe uso... mesmo que pouco!

Como não uso o NIVA, não me parece razoável que tenha que ter uma participação activa. Apenas e só este facto!
Se estivesse à espera de ver morrer, não tinha contribuído monetariamente... seria um contra-senso!

O problema da numeração, do meu ponto de vista, claro está! Não há mal nenhum nem me parece que fira qualquer susceptibilidade o facto de se começar sempre em 1. Tem lógica quando se pretende fazer uma numeração anual e não incremental.
Mas, dizer 1º encontro nacional de 2014, quando a probabilidade de se ter um 2º é pequena e então se ter um 3º é, realisticamente, impossível, parece-me que é um tiro nos pés. Apenas e só isso!
Por outro lado, faz todo o sentido a numeração anual para os encontros locais que estão a ser realizados na zona de Lisboa, pelo facto que é muito provável que façam vários durante um ano.
A numeração não é relevante para os participantes. Tem que se pensar na imagem que se passa para o exterior! Criar um clube e andar com um resumo de actividades com esta numeração é que não me parece bem.
No limite os encontros nacionais até podem deixar de ter numeração. É o encontro nacional de 2015! Se houver um ano em que se faça mais que um, adiciona-se qualquer coisa no título. Uma ideia que me surgiu agora: "re-encontro nacional de 2015".

*

Offline Luis Santos

  • Moderador Global
  • Nivista Doutor
  • *****
  • 695
  • +41/-1
  • Depois de um Niva... SÓ OUTRO NIVA!!
  • Viatura: Lada Niva 1.9D
  • Distrito: Setúbal
Re: O triste estado da Nação Nivista
« Responder #7 em: 11 de Outubro de 2015, 10:54:45 »
Seja Wifi...

Continuo a achar que a numeração dos encontros não é problema e por mim podem até deixar de ser numeradas. Essa nunca foi uma questão. A questão e resumindo e concluindo, é a inercia a que este forum está prostrado e à falta de iniciativa, nada mais... com prejuízo da nossa comunidade, com prejuízo das nossas máquinas. E isto não é personalizar ao Wifi, ou ao Osga, ou ao Zé, ou ao Manel... é mesmo geral e global. Somos inertes! E isso vê-se até por este abanão que se está a passar agora! Num tópico como este em que se coloca o dedo na ferida, tu pelo menos reagiste Wifi, somos 4 os que reagiram a este tópico! De 210!

Agora, podemos ser reactivos destrutivos, ou então podemos tentar criticar construtivamente e partir-se para uma base de crescimento da nossa comunidade! Se houver vontade... claro está, se houver vontade...

A tua reação Wifi (e falo para ti porque foste o unico a reagir e a comunicar, para alem dos do costume), seja ao que tenha sido é-te inerente e significa que isto ainda diz alguma coisa para ti. Agora imagina se tentassemos construir algo...

Não és menos Nivista que os restantes por teres o Niva parado... Boa sorte com a tua máquina.
... Só à estaLADA!

*

Offline BernardoS

  • Moderador Global
  • Nivista Doutor
  • *****
  • 608
  • +27/-1
  • Viatura: Lada Niva 1.9D
  • Distrito: Lisboa
Re: O triste estado da Nação Nivista
« Responder #8 em: 11 de Outubro de 2015, 19:20:38 »
Boa tarde aos dois, bom, aos três que o Hugo também comentou este post... :)

Meu caro Wifi. Fico bastante feliz, e digo-o com toda a sinceridade, em ver a tua reacção. Vejo que te preocupas com esta comunidade tal como nós. E, acredita, modéstia à parte, que tudo temos feito para evitar que isto morra mesmo. O facto de o ter dito foi uma força de expressão, mas não podemos tapar o sol com a peneira e dizer que neste fórum tudo vai bem porque definitivamente não vai, sejamos, antes de mais, realistas e fiéis aos factos e à verdade.

Não vejo que pelo facto de teres o Niva parado e não o usares, seja um impedimento a que venhas aqui com mais regularidade. Acho que o deverias fazer, não só porque tens todo o direito a isso, mas também, e eu reconheço isso, eras uma pessoa bastante activa e influente no anterior. Aqui, sempre quisemos congregar todos num genuíno espírito de camaradagem, amizade e entreajuda. Não me canso do o dizer. Só assim, grupos como este podem crescer e tornarem-se mais dinâmicos.

Eu também não quero ver definhar e morrer esta comunidade. Também já contribuí monetariamente para a manutenção deste fórum, e tenho ajudado muitos nivistas dando-lhes peças que lhes fazem falta e que a mim não fazem. Está aqui o Luís que o pode confirmar e até o Hugo.

O que me revolta, ao ponto de ser irónico, é esta passividade, esta inércia, este deixa-andar, este estado latente em que isto se encontra. Se estivesse morto, não teria o João Carvalho pago, em boa hora, o alojamento do fórum, eu fi-lo no ano passado e com muito gosto.

Sempre tentei puxar a malta para cima. Ver nas dificuldades, obstáculos a ultrapassar, ver nos imprevistos e contratempos, provas a superar. Sempre estive aqui com um espírito aberto e de genuína entrega sem esperar recompensa alguma. Agora o que não posso é ver uma comunidade como esta alvo desta grotesca indiferença a que está votada por muitos e de um certo abandono também por parte de alguns poucos, nomeadamente quem esteve na origem deste segundo projecto.

Em relação aos encontros, acho que estamos mais, e por isso também, melhor esclarecidos. A imagem para o exterior é de vital importância para nós, como dizes e bem. Daí, o facebook dar uma ajuda preciosa, uma vez que é, das redes sociais, a mais utilizada.

Estou 100% de acordo com a terminologia / nomenclatura que propuseste: Encontro Nacional de 2015, encontro nacional de 2016, etc. Por mim nada obsta, tudo a favor :)

Em suma, apesar de alguns pontos de vista divergentes, respeito e muito a tua opinião e as tuas ideias e louvo a tua preocupação com esta situação. É conversando e dialogando, como estamos a fazer, que muitos mal-entendidos se resolvem, se desfazem muitas dúvidas e muitos preconceitos desfeitos. Pena que não tivesse sido com uma imperial na mão :)

Todos somos um, somos uma comunidade. Mas entristece-me, e muito, daí ter iniciado esta discussão, o estado a que isto chegou. Sempre referi também que acredito numa mudança para melhor. Mas para isso, e apesar de aparentemente sermos poucos e estarmos dispersos, os membros desta comunidade também têm de ter alguma adesão a este projecto, a este ideal que nos é colectivo e abraçar esta comunidade que também lhes pertence. Se fosse assim, teríamos encontros bastante participativos. Oxalá que isso seja, ou volte a ser, uma realidade de curto prazo.

Se fui mais agressivo de início, tal serviu para despertar atenções. E resultou. Sei que apenas quatro membros reagiram e muito bem, mas muitos outros leram, o que também não é mau de todo. Só espero é que meditem esses também sobre isto e não sejam meros espectadores de bancada enquanto, quase sempre os mesmos, se mexem para que as coisas aconteçam.

Mas também, como já referi, não podia deixar de vir aqui expor o meu profundo desagrado, revolta, insatisfação, mal-estar, tristeza e sim, alguma irritação, em relação ao ponto a que isto chegou. E se o fiz, foi porque isto ainda me diz alguma coisa e porque me preocupo com isto, caso contrário não vinha aqui perder o meu precioso tempo. Gastá-lo a fazer login, ver e responder a membros novos e ver se tudo, pelo menos do que me apercebo, está a funcionar normalmente, aliás fui que que alertei o nosso Administrador, João Costa, para o facto de o fórum, há dias atrás, estar em baixo, e vir ainda aqui, agora, deixar novamente a minha opinião sobre este assunto.

Quanto ao teu carro, se precisares de alguma ajuda da minha parte, diz. Sempre ajudei quem me procurou e, no pouco que puder ajudar, fá-lo-ei com toda a motivação, alegria e entrega, tal como tem sido sempre com os demais. Conheço por aí vários sites de peças a preços bastante competitivos, nomeadamente na Holanda e Bulgária, que é de onde, mais recentemente, tenho mandado vir as coisas para os meus carros.

Um forte abraço nivista.



« Última modificação: 15 de Outubro de 2015, 20:45:01 por BernardoS »

*

Offline HugoGomes

  • Moderador Global
  • Nivista
  • *****
  • 342
  • +27/-1
  • Viatura: Lada Niva 1.9D
  • Distrito: Lisboa
Re: O triste estado da Nação Nivista
« Responder #9 em: 12 de Outubro de 2015, 08:35:36 »
Boas pessoal e que tal para animar as hostes planearmos o Encontro Nacional de 2016. Podíamos agendar para Fevereiro por exemplo. Acho que fazer votações para o fim de semana indicado não tem grande vantagem pois a participação é quase nula.
Quanto ao local que tal agendar-mos para Figueiró dos Vinhos??? Bernardo o que me dizes era bem fixe. Não!
Temos obrigatoriamente de transpor algumas das conversas daqui para o face pois o "mercado" é maior.
Abraço e deixo á vossa consideração.
HG

*

Offline BernardoS

  • Moderador Global
  • Nivista Doutor
  • *****
  • 608
  • +27/-1
  • Viatura: Lada Niva 1.9D
  • Distrito: Lisboa
Re: O triste estado da Nação Nivista
« Responder #10 em: 12 de Outubro de 2015, 19:44:47 »
Viva,

Em encontros alinho sempre. Sempre defendi que estes se realizassem, mais ou menos na zona centro do País, para todos estarem em pé de igualdade, no que à distância a percorrer diz respeito.

Figueiró dos Vinhos parece-me bem, tem bons trilhos, tem o rio, tem boa gastronomia, boa paisagem e posso falar ainda com a autarquia ou com a Junta de freguesia para ver se nos dá algum tipo de apoio / patrocínio. Em relação ao alojamento, existem também boas infraestruturas por lá.

Eu alinho, sempre em nome de uma causa maior que é estarmos todos reunidos com as nossas máquinas, divergências à parte, que todos temos e continuaremos a ter, mas acho que é possível levarmos isto por diante, em prol deste projecto que nos é comum. Mas têm é de haver adesão de todos para que isto recomece a avançar.

Se for também preciso alguma coisa de mecânica de última hora, tenho lá o rapaz que me trata dos carros e que é de extrema competência e confiança.

Se calhar seria já bom lançar a discussão desse encontro nacional de 2016 no tópico respectivo, para que possam ser colocadas várias datas à consideração dos membros. Tal como em Janeiro, fica a que mais votos obtiver até uma data limite.

Outras ideias/sugestões/propostas/opiniões serão sempre bem aceites. Sem dúvida que irão enriquecer o debate.

Abraços
« Última modificação: 12 de Outubro de 2015, 19:48:16 por BernardoS »

*

Offline HugoGomes

  • Moderador Global
  • Nivista
  • *****
  • 342
  • +27/-1
  • Viatura: Lada Niva 1.9D
  • Distrito: Lisboa
Re: O triste estado da Nação Nivista
« Responder #11 em: 14 de Outubro de 2015, 10:30:51 »
Por mim avançávamos com uma votação para Janeiro ou Fevereiro.
Colocamos os vários fins de semana disponíveis e víamos até final de Novembro qual a data mais escolhida.
A partir dessa data começamos a criar o evento e a difundir onde possível para que exista a máxima afluencia possível.
HG

*

Offline ladaamarelo

  • Nivista Novato
  • *
  • 14
  • +3/-0
Re: O triste estado da Nação Nivista
« Responder #12 em: 14 de Outubro de 2015, 23:00:30 »
Olá,

Malveira-Figueiró dos Vinhos,200kms,asfalto....acho que o ladamarelo vai ficar indisposto!!!
Mas porque não...

*

Offline HugoGomes

  • Moderador Global
  • Nivista
  • *****
  • 342
  • +27/-1
  • Viatura: Lada Niva 1.9D
  • Distrito: Lisboa
Re: O triste estado da Nação Nivista
« Responder #13 em: 15 de Outubro de 2015, 08:18:19 »
Não te preocupes que o Bernardo arranja um trajecto de mato para passearmos as nossas bestas.
Abraço
HG

*

Offline joaocosta

  • Administrador
  • Nivista
  • *****
  • 217
  • +23/-1
    • ueBe.biz
  • Viatura: Não tenho
  • Distrito: Santarém
Re: O triste estado da Nação Nivista
« Responder #14 em: 10 de Novembro de 2015, 19:03:08 »
Um dos responsáveis por este estar "ao abandono" sou eu... que por motivos diversos tenho estado offline, o encerramento da loja e uma depressão, acompanhado da falta do niva têem-me deixado assim.

Entretanto estou nos bombeiros, o que me tem ajudado a fugir e a curar, ando a fazer uma formação à maneira, mas que espero acabar muito em breve.

Espero melhorar em breve e voltar com novas iniciativas, até porque estão pensadas, mas não esquecidas.
Nivista uma vez, Nivista para toda a vida...